Importância do silêncio para o seu cãozinho


Cães podem dormir em nossos quartos ou em seus “quartinhos”, em nossas camas ou até mesmo no quintal, desde que sigamos nossa decisão com consistência, previsibilidade e positividade.

O filhote deve ser colocado para dormir em um local seguro e confortável e onde sinta-se relaxado. Esse local poderá ser o seu quarto ou o “quartinho” dele (a região da área de serviço, a sala, o quintal), mas é possível que, não sendo o seu quarto, ele não consiga dormir sozinho desde a primeira noite. Se esse for o caso, durma com ele no quartinho dele (se houver uma cama lá, claro!), ou coloque-o inicialmente para dormir em seu quarto. Pouco a pouco, à medida que ele se familiariza com o “quartinho” dele, vamos deixando que ele durma sozinho lá. A utilização de um feromônio sintético maternal plugado nesse local ajudará no processo de adaptação. Se temporariamente ele está dormindo no seu quarto, durante o dia vá treinando mantê-lo no “quartinho” dele por poucos minutos e, gradativamente, por algumas horas. Nesse momento, passamos a colocá-lo para dormir no “quartinho” dele.

É importante que o local de dormir seja restrito ou o cão perambulará pela casa durante a noite podendo eliminar em local inapropriado e destruir objetos. Criamos uma rotina para dormir e assim associamos ações e elementos positivos com o “quartinho” dele ou com o seu quarto (caso ele vá dormir permanentemente em seu quarto). Por exemplo, um bom passeio ou um momento brincadeira com você logo antes de dormir irá cansá-lo; na sequência, aguardamos ele fazer xixi e o conduzimos para o local de dormir. Lá, oferecemos algo interessante para ele se entreter (ex.: um ossinho de roer pequeno ou um brinque

do recheado com poucos petiscos caninos). Fechamos o portãozinho do “quartinho” ou a porta do seu quarto se ele estiver dormindo lá. Caso ele choramingue um pouco, aguarde, ele estará cansado e logo irá dormir. Não fale, não brigue, tampouco ofereça alguma coisa, ou ele aprenderá a vocalizar ainda mais. Se os latidos forem intensos, daí é sinal de que ele ainda não está preparado para dormir sozinho, durma com ele e siga todo o procedimento descrito, porém, de maneira mais lenta dessa vez.

Pela manhã, programe o despertador e acorde antes do filhote. Se não fizer assim, correrá o risco de acordar com o barulho da destruição, dos latidos, ou do xixi sendo derramado no chão. Levante e chame o filhote, assim ele aprenderá que pode aguardar sem chamar, e você irá aparecer. Aproveite e, na sequência, siga o protocolo do treino do banheiro, pois o xixi logo pela manhã é certo.


Conteúdo produzido por Daniela Ramos

Médica Veterinária Comportamentalista

– Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade de São Paulo (FMVZ-USP) em 2002.
– Mestrado em Comportamento Animal Aplicado pela Universidade de Lincoln (Inglaterra) em 2006.
– Certificação em Bem-Estar Animal pelo Cambridge e-learning Institute/Bioethicus em 2010.
– Doutorado em Clínica Veterinária com ênfase em Comportamento Animal pela Universidade de São Paulo (FMVZ-USP) em 2012.
– Pós-doutorado em Clínica Veterinária com ênfase em Comportamento Animal pela Universidade de São Paulo (FMVZ-USP) em 2015.
– Diplomada “de facto” pelo Colégio Latino-americano de Etologia Clínica Veterinária desde 2017.
– É sócia proprietária do PSICOVET CENTRO, primeiro centro veterinário Brasileiro de Comportamento e Bem-Estar Canino e Felino, inaugurado em São Paulo em 2014 (www.psicovet.com.br)

 




Veja também


Unidade fabril Union Agener
O uso correto do banheiro para o seu cãozinho
Importância do silêncio para o seu cãozinho
Boas maneiras durante as refeições





É a Divisão veterinária da União Química Farmacêutica Nacional, empresa brasileira com mais de 80 anos de história no mercado farmacêutico.



Avenida Magalhães de Castro, 4.800
16º andar - Conjuntos 161 e 162
Edifício Continental Tower
05676-120 / São Paulo-SP

Siga-nos nas redes


Copyright © 2020 União Química. Todos os direitos reservados.

x